Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Busca de Um Sentido

Viver? Vale a pena!

Setembro 17, 2016

 
em busca de um sentido
 
"Diz-me que outra coisa deveria ter feito? Não morre tudo um dia, e cedo de mais? Diz-me que planeias fazer com a única vida que tens, selvagem e preciosa?"

Esta citação abre um dos meus livros preferidos, senão o meu preferido e hoje achei que também ela teria o seu momento de destaque, uma vez que me diz tanto.
 
Quantas vezes damos por nós a planear cada milésimo de segundo da nossa tão curta vida? Planeamos o nosso futuro em função do dinheiro que podemos vir a receber nos nossos empregos (atuais ou futuros, para quem ainda estuda) para ter uma vida melhor, mas acabamos por esquecer que apesar de o dinheiro fazer falta, não é o melhor da vida.

Atenção, não estou a incentivar ninguém a desistir dos seus planos de vida, porque realmente todos precisamos de pensar no futuro, infelizmente ninguém vive sem dinheiro. O que estou a dizer é que não é necessário gastar todo o tempo que temos disponível a  planear tudo quanto podemos, a pensar somente no futuro sem aproveitar algo no presente, que é a única coisa que enquanto seres humanos temos realmente como garantido.

O que pretendemos fazer da vida selvagem e preciosa que temos à nossa responsabilidade? Será que o objetivo é mesmo limitarmo-nos a viver de acordo com o que esperamos do nosso futuro? Onde anda o nosso tempo? Quando damos por nós estamos velhos, cansados, deitados numa cama à espera que o destino se encarregue da sua tarefa e entendemos a quantidade infinita de tempo que perdemos com preocupações desnecessárias.

Claro que tudo exige esforço, não vamos virar todos totalmente despreocupados porque isso seria chegar ao extremo oposto àquele em que nos encontramos, mas por favor, apreveitem ao máximo aquilo que podem. A vida é só uma, para aqueles que acreditam que o nosso destino é um caixão, mas também quem acredita que há algo mais do que isto, não esperem para outra vida, porque se estão aqui e agora, neste segundo, o objetivo será algum. 

Que sentido faria vir aqui só sofrer? Realmente há situações lamentáveis, mas mesmo aí há sempre o ponto positivo, tem que haver. Não é possível que o mundo tenha tamanha crueldade. 

De que estás à espera? Que planeias fazer da tua vida?

Vive-a! Não andes por aí a vaguear pelo espaço que te rodeia. Aproveita!
 

13 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.