Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Busca de Um Sentido

18
Out16

Verdade acima de tudo!

Tatiana
Porque é que as pessoas insistem em mostrar uma coisa e serem outra? Imagino o trabalho que não dá terem que se esforçar por encarnar um papel de forma a que se pareça verdadeiro... O problema é que uns são melhores atores do que outros, e nem todos são parvos ao ponto de cair nas conversas que tão bons atores fazem.

Tu, que queres ser algo que não és, explica-me... Sentes-te feliz a enganar os outros? Não te pesa a consciência quando à noite te deitas e sonhas com o mal que fazes?

Por muito que insistam que é normal fazer coisas assim, eu não consigo chegar a esse ponto de normalidade. Para mim o normal é ser-se verdadeiro, é querer mostrar aquilo que realmente somos. Jamais ia conseguir ser feliz a viver um papel que não era o meu, a estragar momentos que deveriam ser doutra forma. Só me sinto bem e confortável quando sou eu mesma, quando digo o que eu penso, quando não me esforço para agradar alguém só para gostarem de mim, quando não estou a pensar em cada movimento que faço, em cada palavra que digo.

Não é errado querer agradar alguém se for para fazer uma pessoa feliz, o erro está em querermos ser aceites e para isso inventarmos ser algo que não somos. Até porque não és tu que estás a ser adorado/a, é a pessoa que estás a tentar ser. Não é de ti que estão a gostar, é da pessoa que finges ser.

Conheço pessoas que inventam toda uma história de vida, os seus gostos, os seus medos, os seus ódios, só porque alguém que conhecem e admiram é igual. Para além de se tornar ridículo, as pessoas à volta percebem e acabam por se afastar só para não terem que explicar que não está a resultar.

Pensa um bocadinho antes de fazer coisas deste género... É mais fácil seres verdadeiro/a do que representares e imitares. Tu também não ias gostar que te fizessem o mesmo, por isso põe a tua verdade acima de tudo.
 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D