Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Busca de Um Sentido

Quando virão as mudanças?

O tempo passa por mim
Quase tão rápido quanto o vento...
Eu gostava que deixasse de ser assim
E que tudo fosse mais devagar, mais lento...

Sei que não sou eu quem escolhe,
Simplesmente quero mudanças...
Mas como quem semeia também colhe,
Com tudo o que fiz, não tenho grandes esperanças...

Sinto-me amarrada a um passado sem futuro,
Quero seguir em frente, mas tudo me impede...
Tenho o caminho cortado com um muro,
E por mais que queira, esse muro não cede...

O passado a cada segundo renasce,
Quando o enterro, ele desenterra...
E por mais que eu não o ache,
Ainda há quem diga que sou eu quem erra!

Não digo que esqueci,
Mas não quero reviver o que já vivi,
Principalmente porque tudo o que sempre mereci,
Nunca mas nunca o recebi.
 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.