Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em Busca de Um Sentido

Instabilidade

Há exatamente quatro anos escrevi este texto no meu diário (que já não uso, por perguiça, mas devia). É engraçado ver que por muito que cresça alguns sentimentos pressistem e esta necessidade de ser compreendida e de me compreender é um desses sentimentos.

A Tati Escreveu.png

Évora, 25 de março, 2014

Acho que cheguei a um momento de pausa para pensar e organizar cada pensamento... Falo, ou pelo menos tento falar, no entanto as palavras falham-me e não me expresso da forma correta... Tenho-me perguntado tantas vezes se sou compreendida que me esqueci de reparar que eu mesma não me compreendo. 

Há pensamentos que surgem do nada e que me deixam a pensar que aquilo não é meu, eu não sou assim, mas o pensamento não é algo que vem doutra pessoa, é nosso. Logo, eu sou assim. Se me aceito? Talvez não, há dias mais fáceis que outros.

Num momento adoro a pessoa que sou, e no outro tenho vergonha de mim mesma. Sei que iso não é bom. Se eu não me amar dificilmente alguém me vai aceitar como sou sem reclamar.

A instabilidade toma conta de mim a cada segundo e eu só tenho que aprender a controlá-la. É minha obrigação, meu dever... Até pode ser difícil, mas tenho que acreditar que sou capaz, mesmo que não queira acreditar. Talvez só tenha que fingir que ela não existe, esta instabilidade que me domina...