Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em Busca de Um Sentido

Estou a gostar de mim...

Escrevo-te para te dizer que vejo a força e o peso que as palavras têm no teu pequeno coração... Vejo a forma como a cor dos teus olhos altera dependendo do teu estado de humor, um bocadinho como aqueles anéis que usávamos quando éramos crianças... Apesar disso, não digas que é o fim, que vais virar costas e desistir daquilo que te faz feliz, porque eu vejo pela água que te enche o olhar que não é isso que queres... 

Sabes que às vezes sou desantenta, nunca o neguei, e hoje, mais do que nunca, não tenho medo de me caracterizar assim... O mundo tem tanta coisa bonita que acabo por me perder ao tentar cumprir as partes chatas enquanto me alimento do mais bonito... E no meio de tudo ando numa dança que me alimenta a alma e me faz ser cada vez mais aquilo que está nos confins do meu ser... Entre livros de Física e músicas lamechas... Entre artigos para ler e fotografias para editar... E até entre páginas rasgadas com tudo aquilo que queria ter dito e calei, com medo da censura...

Mas decidi que hoje não é um desses dias em que me calo. Hoje é o dia em que te olho nos olhos e digo: "Tu és forte, inspira, expira e vai à luta".... E no espelho vejo a tua versão mais bonita e mais radiante. No espelho vejo-te, como nunca me vi... Livre das amarras a que te prendias e a correr atrás de tudo aquilo que sabes que pode ser teu... Corre, mas não te percas, estou a gostar de ti.

Estou a gostar de mim...

Admiro...

Admiro quem tem capacidade para ter um post novo praticamente todos os dias no blog e que para além disso tem uma vida agitada por trás das letras e dos textos bem escritos e coerentes.

Admiro quem tem inspiração para pegar num dia que não teve nada de diferente e analisá-lo de uma forma tão perspicaz que daí surge a ideia inicial do que escreve e sonha.

Admiro pessoas reais, com vidas banais que sabem dar a volta por cima e fazer com que o banal vire especial em menos de um segundo.

Admiro tudo o que me faça sentir "um dia quero poder ser um bocadinho disto", porque tudo o que vou vendo, sentindo e aprendendo me deixa um bocadinho mais perto da pessoa que eu ambiciono ser.

Admiro quem tem força para se levantar todos os dias da cama com um sorriso na cara, mesmo que esteja a passar um mau bocado, ou simplesmente tenha dormido mal, porque eu sou incapaz disso.

Admiro quem me faz sentir calma e descontraída, porque eu tenho consciência da dificuldade que é manter-me serena por um longo período de tempo.

Já vos disse que vos admiro? Admiro-vos.