Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Busca de Um Sentido

O meu lugar...

Agosto 08, 2017

Há lugares no mundo que nos fazem sentir seguros, plenos, no lugar que deveríamos estar.

 

Para mim é complicado encontrar esses cantinhos… Nunca fui de me sentir em casa, mesmo quando estou rodeada de tudo o que preciso. Vivo numa constante insatisfação, que tento corrigir, mesmo que nem sempre me seja fácil. Parece que a minha mente está sempre num alvoroço, até quando tenho todas as condições de que preciso para relaxar e simplesmente existir.

 

Curiosamente achei que nunca iria encontrar o meu sítio em Lisboa, devido ao desassossego próprio da capital, ao trânsito regular e à pressa com que as pessoas vivem as suas vidas. Sendo eu uma rapariga que cresceu no Alentejo, essa realidade tinha tudo para se concretizar. No entanto, na varanda de um oitavo andar, bem no coração da grande cidade, eu percebi que conseguia despejar a mente, aproveitar os raios de sol que tocam a minha pele e ser tudo o que quero, mesmo que seja só nas páginas dos livros que leio e nas folhas que vou escrevinhando e deitando fora.

 

Por outro lado, nada bate a casa da minha avó, que mesmo cheia me permite voltar à menina que vivia agarrada aos seus livros e canetas, que agora cresceu, mas mantém a paixão pelas folhas em branco, prontas a ser sujas pela tinta da sua caneta. 

 

Aqui sei que sou feliz, aqui sou eu. Mesmo que só por uns instantes, consigo sentir-me mais próxima da mulher que irei ser e consigo perceber que embora tenha nascido com a ambição de chegar à grande cidade, pertenço aqui e sempre irei pertencer. A maior parte do meu ano pode ser passada bem no centro da confusão que é Lisboa, mas no fim o meu lugar será sempre aqui, numa terrinha algures no meio do meu Alentejo.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Tatiana 10.08.2017

    Quem me dera ter essa sorte! Tenho que aproveitar bem durante o Verão, porque durante as aulas chego a estar um mês sem vir a casa
  • Sem imagem de perfil

    David Marinho 10.08.2017

    Isso um dia muda. Aproveita a vida lá fora por enquanto, depois só terás 22 dias por ano para gozar ahah
  • Imagem de perfil

    Tatiana 10.08.2017

    Ainda me restam pelo menos mais 5 anos disto ahah
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.