Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Busca de Um Sentido

Não quero ser um lápis azul...

Sou o meu lápis azul. Escrevo e rescrevo na procura constante de não ser direta demais... Na procura de não dizer tudo, porque isso é mostrar a essência do que construo na minha mente.

Sou o meu lápis azul quando não agarro nas ideias que me ocorrem, chegando ao ponto de censurar a sua exteriorização...

Sou o meu lápis azul quando não escrevo o que a inspiração me oferece e quando me imponho limites que não tenho que ter... O céu é o único limite, não é?

Não quero ser um lápis azul... Quero ser o céu, que tem a mesma cor mas me permite ter a liberdade de espírito que quero como característica minha... 

Quero ser o céu que me permite usar as asas dos meus sonhos e voar para onde me sentir mais feliz, mais eu e mais minha.

Quero ser tudo aquilo que me der liberdade de explorar o mundo e tudo aquilo que eu posso ser nele... Quero ser eu em todas as minhas dimensões e mostrá-las sem receios. Quero descobrir-me e ser plena nessa descoberta... Quero ser... Mas não um lápis azul.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Tatiana 17.01.2019 23:02

    Muito obrigada, querida
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.