Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Busca de Um Sentido

E é perdida que encontro o meu lugar...

Sinto-me perdida, mesmo quando sei exatamente onde estou... E o mais estranho é que gosto da sensação... Perco-me nos campos acabados de florir, no som da água a correr por onde consegue... Vou olhando para tudo como se fosse a primeira vez que ali estou e como se nunca mais pudesse voltar a apreciar tudo o que a Natureza tem para me oferecer...

flor.jpg

Sei que dou atenção a pormenores que mais ninguém consegue ver, mesmo que tente, encontro beleza numa simples folha com duas ou três gotas de água... Alguns acham que perco o meu tempo sempre que agarro na máquina fotográfica e vou captando tudo quanto consigo, até coisas que possam parecer verdadeiramente insignificantes... No entanto, para mim tudo tem potencial e é isso que me permite continuar a sentir felicidade quando clico no botão.

Perco noção do tempo, as horas tornam-se curtas para a vontade que eu tenho de absorver tudo o que os meus olhos conseguem alcançar... E eu sei que para além do horizonte há mais para ver, para observar, para me apaixonar... E vou andando em frente, à descoberta de um mundo que a minha objetiva ainda não alcançou, mesmo que me garantam que é tudo igual ao que vi na semana passada.

 flores.jpg

Quando me apercebo que o tempo realmente passa, já está a escurecer e preciso de voltar à realidade dos dias monótonos, em que tudo é igual e a rotina é a mesma de sempre. Mas se há uma coisa que sei, é que não vão deixar de existir esses dias em que me deixo ir ao sabor do vento, sem me preocupar com os segundos a passar...

Sabes uma coisa? É ali, no nascer de algo novo, no florir de um mundo, que eu encontro a minha essência e tudo o que me traz harmonia.

20 comentários

Comentar post