Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Busca de Um Sentido

20
Mar18

Andam desatentos?

Tatiana

As pessoas são curiosas e perguntam-me "O que pensas?" e eu, que um dia já fui a pessoa que dispara toda uma tese, mesmo que fundamentada nas minhas próprias fantasias, sorrio e baixo a cabeça.

 

Querem saber sempre o que penso e eu só concluo que talvez o que faço não o revele. Falo bastante, a toda a hora. Mostro a minha opinião com bastante frequência. Tenho sempre uma palavra a dizer. No entanto, a questão com que fico é: se eu mostrasse o que penso, porque teriam necessidade de me questionar?

 

Detesto perguntas. Acho que foi um ódio que cresceu comigo, principalmente porque há respostas que não são diretas e é tão mais fácil observar-se para as obter. E eu sou tão transparente que alguma coisas nem precisavam ser ditas.

 

Chego a sentir-me submersa nas questões que me colocam, principalmente porque não sei porque as fazem, visto que sou um livro aberto e até fácil de ser lido. Será que andam todos desatentos?

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D