Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Busca de Um Sentido

14
Fev18

A minha compulsividade e "Milk and Honey"

Tatiana

Apercebi-me de que por alguma razão, faço tudo de forma bastante compulsiva. Como se o iniciar de uma tarefa me fizesse querer que ela nunca terminasse... E o pior é que eu deixo de fazer coisas que são importantes - o que neste caso seria dormir - porque estou aqui, a escrever pela segunda vez esta noite, depois de ter lido um livro de poesia de forma compulsiva.

 

E eu pergunto-me : até que ponto isto não me prejudica?

 

Para quem não está a entender o porquê da minha preocupação, eu explico como foi o meu dia, para entenderem o quanto está evidente que algo se passa no meu subconsciente.

 

Acordei relativamente cedo, mas dormir estava a saber-me tão bem que acabei a levantar-me por volta das duas da tarde para comer um iogurte com torradas. Comi apenas por necessidade - sabia que se não fosse comer iria ter uma quebra de tensão, principalmente porque estou com o período.

 

Sentei-me em frente à secretária e quando dei por mim eram quase nove da noite e eu tinha passado a tarde toda a estudar Cálculo enquanto assistia a um conjunto de noventa e tal vídeos curtos de um canal que fala sobre o que é ser-se mulher numa sociedade extremamente machista. 

 

Apercebi-me de que tinha imensa fome e cozinhei comida que dava para alimentar na perfeição duas pessoas. Comi tudo. E ainda tinha comido mais se existisse mais.

 

Fui direta para a cama depois de comer e passei este tempo todo a ver vídeos relacionados com os que tinha visto durante a tarde. Gosto de ouvir outras mulheres falarem sobre temas da atualidade, que nos afetam a todos, mas aos quais ignoramos. Escrevi em menos de cinco minutos um texto sobre o quanto a imagem da mulher é sexualizada - vão poder lê-lo esta semana. Continuei a ver vídeos e dei com um que falava sobre um livro - "milk and honey". 

 

Fui pesquisar... E encontrei-o na internet - pouco passava das três da manhã. E agora estou a escrever-vos, depois de ter devorado o livro e ter percebido o quanto sou de extremos... E o quanto gosto de ser mulher e da ideia de que posso marcar alguém com algo que venha a fazer.

 

"Milk and honey" não é um livro brilhante, mas é um livro que nos dói - pelo menos a mim doeu - e nos faz pensar no que andamos a fazer com a nossa vida. Metemos em retrospetiva todas as relações que já tivemos, a forma como vemos os nossos pais, a forma como nos olhamos ao espelho... Ou talvez eu esteja mesmo a precisar de dormir e tenha sentido as palavras com demasiada intensidade.

 

No entanto, se tiverem um tempinho leiam, que eu agora vou dormir, ou pelo menos tentar...

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D