Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em Busca de Um Sentido

20
Ago18

O que pensarão de mim depois de me lerem?

Tatiana

Tenho saudades da irracionalidade a escrever. De não ponderar toda e qualquer palavra que a minha caneta desenha neste papel. Há meses ou talvez anos que não me vem um texto automaticamente, por estar sempre a censurar-me.

 

Acredito que isso se deva ao receio constante que tenho da reprovação alheia. 

 

Não me considero excecional e cada vez mais me sinto observada, como se me bastasse um passo em falso para que tudo o resto correr mal. E eu sei que não devia ser assim, por isso me tenho forçado a meter os fones nos ouvidos, a escrever e publicar com pouca revisão, para não me arrepender.

 

Peso demais cada momento e cada palavra que de mim sai, porque no fundo sou apenas uma pessoa à procura da sua verdade e da sua identidade e gostava que um dia, pelas ruas deste mundo, me encontrasse a abraçar com toda a força que tenho aquilo que sou, sem vergonhas... E com isso escrever sem censura ou segundos pensamentos.

19
Ago18

Confia...

Tatiana

Por vezes, a autosuperação não tem a ver com conseguirmos atingir marcos grandes e visíveis nas nossas vidas. Por vezes, conseguirmo-nos olhar ao espelho e sentir orgulho do que somos, sem peso na consciência, sem "e se", sem todas essas pequeninas coisas que nos fazem ficar para trás já é uma grande evolução e por isso devemos sentir que nos estamos a superar e a melhorar.

 

Nem todos os dias são bons dias. Muito menos te posso garantir que a partir desse incrível momento, todas as vezes que o teu companheiro for o espelho te vais sentir incrível. É normal haver baixos no meio dos bons momentos e são esses que nos fazem crescer como pessoas. Mas, por outro lado, posso dar-te praticamente a certeza de que no dia em que conseguires encarar a vida como uma sequência de momentos que te faz ser cada vez mais e melhor vai ser bem mais fácil sair dos baixos.

 

Vão existir noites difíceis. Não te minto. Vão existir segundos em que vais querer jogar tudo ao chão e gritar "desisto", mas o mais importante é conseguires ter força para fechar os olhos, respirar fundo e acreditar que amanhã o sol vai brilhar e vais superar esse obstáculo. Eu sei que és capaz, e tu bem no fundo também o sabes. Confia. E sê feliz.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D